Amor, Mulher e Deus

E agora?
14 de maio de 2017

Depois de tanto tempo ela me esperava naquele mesmo restaurante – sabia que eu estaria na cidade, ela sabe de tudo. Ela sempre chegava um pouco antes; eu sempre um pouco depois. Fazia tempão que não a via, mas certos hábitos jamais se alteram. Ela folheava um livro, acomodada numa mesa pra dois – era o presente que dei pra ela há anos, ‘Ilusões’, Richard Bach. Ela era meu amor perdido. Estava curiosa pra saber porque ‘escrevo sobre ela’ na rede social. Nem tanto. Talvez eu romanceie muito mais que ‘escreva sobre ela’ – há outras também, brinquei. Num certo momento ela deixou de acreditar em mim. Foi aí que nosso romance começou a terminar. Reencontros com amores passados servem para mostrar muita coisa. Mostram, por exemplo, como uma intimidade construída em anos pode se dissolver instantaneamente com o rompimento. Você trata com cerimônia constrangida alguém com quem, até pouco antes, tinha a mais absoluta e deliciosa liberdade. ‘Uma frase. Tem uma frase nesse livro que me fez ter esperança de novo em você.’ Ela me passou o livro aberto numa determinada página. Nessa página, uma sentença tinha sido sublinhada por mim mesmo: ‘Não fique triste nas despedidas. Uma despedida é sempre necessárias antes de vocês poderem se reencontrar. E se reencontrar depois de momentos ou de vidas, é certo para os que se amam’. E ali estava eu, em frente ao amor que quase me levou à loucura. Devolvi o livro e trocamos de assunto. E então era tempo de despedida. Sem drama. Ela refizera sua vida, eu a minha. Eu era outro Serginho. A dor tinha passado – o luto terminou. E nos permitimos viver nossas vidas, apesar de tanto amor e entrega. Obrigado por ter me amado tanto assim e ter me deixado livre. Obrigado, por eu ter te amado tanto – e até parece letra de música. Nosso amor perdido é uma canção inesquecível.

1 Comentário

  1. Ana Maria Oliveira Fernandes.. disse:

    Muito Legal amigo amei o seu site sucesso pra vc grande pessoa merece tudo de bom estarei acompanhando bjuss com carinho !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *